Renato Lima - 09 de maio de 2014 às 13H 36M

Bienal Internacional do Livro movimenta Agreste pernambucano

Hoje é a abertura da II Bienal Internacional do Livro do Agreste, uma iniciativa da Andelivros que está interiorizando as feiras de livros pelo Estado. Isso é especialmente importante quando se sabe que o número de livrarias no interior é mínimo ou mesmo inexistente em muitas cidades, além de bibliotecas deficientes, e essa é uma forma de diversos leitores terem contato com novas publicações. A programação completa está aqui e mais informações abaixo:

——————————–
Bienal Internacional do Livro movimenta Agreste pernambucano

O evento que está em sua segunda edição irá homenagear Dominguinhos

A II Bienal Internacional do Livro do Agreste vai levar dez dias de muita literatura para o interior de Pernambuco. Entre os dias 09 e 18 de maio, a cidade de Garanhuns será sede do maior evento de literatura do interior do Estado e abrigará a 10ª feira do livro do país em área e movimentação financeira. O evento, que vai ser instalado na Praça Mestre Dominguinhos, tem 2.500 m² e irá reunir mais de 100 editoras de diversos segmentos literários. O evento irá movimentar cerca de 2 milhões de reais na região e irá gerar mais de 500 empregos diretos e 2 mil indiretos.

Entre os autores e palestrantes já estão confirmadas as presenças da sexóloga do programa Altas Horas, Laura Muller, o poeta Jessier Quirino, o jornalista da Rede Globo, Marcelo Canellas, o escritor Raimundo Carrero e Pe. Ayrton da Fundação Terra. O público vai acompanhar uma programação que inclui palestras, debates, recitais, conversas literárias, intercâmbio literário-cultural e Feira do Livro. O local contará, ainda, com tenda de autógrafos e espaços voltados para o público infanto-juvenil. Este ano, a Bienal terá como homenageados Dominguinhos, trazendo, em sua programação, vários debates sobre sua vida e arte, e a professora e escritora de Garanhuns, Luzinette Laporte.

Palestrantes nacionais – A sexóloga Laura Muller, que tem um quadro no programa Altas Horas, da Rede Globo, fará palestra no dia 10 de maio, às 20h, no Teatro Luiz Souto Dourado. Na apresentação, Laura promete um bate-papo esclarecedor sobre sexualidade e repleto de interação com o público. Já o jornalista Marcelo Canellas irá se apresentar no dia 17/05, às 20h, também no Teatro Luiz Souto Dourado, com a palestra “Crônica e reportagem – diferenças e aproximações” e logo em seguida ele irá autografar seu livro “Províncias – Crônicas da alma interiorana”. A ideia de Canellas é levar um pouco da experiência de jornalista e a conexão com a literatura.

Capacitação de professores – A II Bienal Internacional do Livro do Agreste também será um espaço para capacitação de professores. Dentro da programação terá diversos momentos focados nos educadores. Um deles acontece dia 14 de maio, com uma tarde dedicada à formação de professores com palestras com as educadoras Márcia Maranhão, Eugenilda Coimbra e Maria Lana Monteiro de Lacerda. Além de oficinas e palestras, os municípios de Angelim, Venturosa, Brejão, Paranatama e Garanhuns estão disponibilizando bônus para os professores municipais. Com esse benefício, eles podem comprar livros das editoras participantes.

A II Bienal Internacional do Livro do Agreste é uma realização da Andelivros (Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros), com patrocínio da Prefeitura de Garanhuns, através das secretarias de Educação e Cultura, Empetur e Sesi. Empresas apoiadoras: Editora Cepe, Editora Construir, Edições Bagaço e Agência Tante. Produção Pitanga Promo.

Serviço:
II Bienal Internacional do Livro do Agreste
Local: Praça Mestre Dominguinhos
De 09 a 18 de maio
Horário de funcionamento:
Dia 09/05, aberto para convidados às 19h
De dia 10 a 18/05 aberto ao público das 10h às 22h.

Renato Lima

Fundador do Café Colombo, é jornalista pela UFPE, mestre pela UIUC, doutor pelo MIT. Mora em Kuala Lumpur, Malásia.

Comentários

desenvolvido por Shamá