Thiago Corrêa - 17 de agosto de 2014 às 23H 55M

Confira a programação do festival A letra e a voz

aletra

Do site oficial do festival:

O livro A Paixão segundo GH, de Clarice Lispector, será o grande homenageado da 12ª edição do Festival Recifense de Literatura A Letra e A Voz, que acontece entre os dias 20 e 31 de agosto, no Recife. Os detalhes do evento foram apresentados nesta terça-feira (12), em coletiva de imprensa realizada no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam), na Boa Vista, que contou com a presença do presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha, do curador do festival e jornalista, Schneider Carpeggiani, e da jornalista e escritora Geórgia Alves.

Confira aqui a programação completa do festival

O festival será realizado em duas etapas. A primeira, de 20 a 23 de agosto, acontece no Museu da Cidade do Recife, localizado no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, e conta com uma programação repleta de nomes importantes da literatura nacional e internacional. A segunda, nos dias 30 e 31 de agosto, acontece na Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, onde será realizada a Festa do Livro, que ocorre simultaneamente ao projeto Recife Antigo de Coração. O 12º Festival Recifense de Literatura A Letra e A Voz é uma realização da Prefeitura da Cidade do Recife, através da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife (FCCR).

O presidente da Fundação de Cultura, Diego Rocha, salientou a importância do A Letra e A Voz para a formação de novos leitores. “O festival é um trabalho bastante consolidado que aproxima a população de grandes autores e de grandes obras. Por isso, a Prefeitura do Recife se sente motivada a apoiar essa e outras iniciativas que busquem promover a cultura em nossa cidade. E para 2015, pretendemos ampliar ainda mais os investimentos nessa área”, afirmou.

Como tratar literalmente sobre os 50 anos do Golpe Militar? Essa foi a inquietação que fez com que o curador do festival, Schneider Carpeggiani optasse não por homenagear uma pessoa, mas sim, uma obra pela primeira vez no evento. A escolha de A paixão segundo GH se deu por ele ter sido lançado em pleno início da ditadura, em 1964, e por, através de um romance, Clarice ter oportunizado a reflexão sobre o sentimento das pessoas com as restrições de liberdade. “O festival traz a perspectiva política, do livro A Paixão segundo GH. Além do que, pretendemos também fazer uma reflexão sobre o papel do romance nos dias atuais onde há uma pulverização tão grande dos gêneros literários”, explica.

Este ano, o festival traz alguns dos mais representativos autores do gênero: o argentino Rodrigo Frésan e os brasileiros Cristóvão Tezza, Alberto Mussa, Caetano W. Galindo, Ronaldo Correia de Brito, Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira, Cíntia Moscovitch, Maria Valéria Rezende, Fernando Monteiro e Lourival Holanda. Eles participarão de várias mesas de debates falando sobre os diversos aspectos do romance.

A abertura do festival acontece na quinta-feira, dia 20 de agosto, às 19h, no Forte das Cinco Pontas, com a leitura dramática inédita de “A Paixão Segundo GH”, que será realizada pela atriz Luciana Lyra, sob a direção do premiado dramaturgo pernambucano Newton Moreno. Ainda nesse dia, o professor de Literatura Francesa da UFPE, Lourival Holanda, e a escritora Cíntia Moscovitch, conversarão sobre os 50 anos do romance de Clarice Lispector, na mesa “E, finalmente, meu amor, sucumbi”.

Um espaço especial do Festival será dedicado ao mergulho nas cinco obras infantis escritas por Clarice Lispector e pouco conhecidas do público. A jornalista Geórgia Alves terá a incumbência de levar crianças de escolas públicas municipais do Recife para “olhar a capital pernambucana”, nos dias 22 e 31, com os olhos de Clarice. “Esse é um olhar importante sobre a obra de Clarice Lispector, que faltava até então. Pretendemos trazer a capacidade de enxergar o Recife a partir da criança interna de cada um, ou seja, olhar a cidade sobre a ótica de Clarice”, afirma Geórgia. Para isso, os estudantes terão acesso ao conteúdo das obras: O Mistério do Coelho Pensante, A Mulher que matou os Peixes, A vida íntima de Laura, Quase de Verdade e, Como nascem as Estrelas.

Festa do Livro – Nos dias 30 e 31, livreiros de todo o Estado estarão reunidos na Festa do Livro, que será realizada na Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, dentro da programação do 12º Festival Recifense de Literatura A Letra e A Voz. Na ocasião, atrações especiais irão se apresentar no local. No sábado, dia 30, a partir das 17h, haverá o recital poético-musical do Quarteto em Poesia, composto por Allan Sales, Rafael Moura, Clécio Rimas e Ana Barbosa. Já no domingo, dia 31, o grupo Dois Cordéis apresenta performance poético-musical, a partir das 15h. Do grupo participam Altair Leal, Vitor Aragão e José Evangelista. As apresentações acontecem na Av. Rio Branco. Já no palco do Marco Zero, o Quinteto Violado é uma das atrações do Recife Antigo de Coração.

Thiago Corrêa

Jornalista, produtor cultural e mestre em Teoria da Literatura pela UFPE, Thiago Corrêa é um dos fundadores do grupo Vacatussa e já foi setorista de literatura nos jornais Folha de Pernambuco e Diario de Pernambuco.

Comentários

desenvolvido por Shamá