Mano Ferreira - 19 de julho de 2017 às 22H 03M

Descanse em paz, Fernando

É com muita dor que a equipe do Café Colombo informa o falecimento de Fernando da Mota Lima, nosso amigo e colaborador. Escritor e sociólogo, Fernando foi um personagem singular no ambiente cultural de Pernambuco, tendo ajudado a formar várias gerações em décadas de docência na Universidade Federal de Pernambuco.

Além de grande amigo e incentivador do Café Colombo, Fernando colaborou diretamente com o primeiro número de nossa revista e manteve coluna em nosso site, sempre contribuindo com reflexões apuradas sobre a nossa cultura.

Gostaríamos de ter a oportunidade de agradecê-lo, uma vez mais, por podermos compartilhar suas impressões argutas sobre livros e ideias. Como escreveu Eduardo Cesar Maia, “Fernando não se adaptou ao nosso tempo. Era um cara que não cabia no mundo”.

Como escreveu o próprio Fernando em sua coluna aqui no Café: “a vida é curta demais para ser mesquinha”.
http://www.cafecolombo.com.br/colunas/a-vida-mesquinha/

Descanse em paz, Fernando.

Fernando ds

Mano Ferreira

Editor deste site, integra o Café Colombo desde 2012. Jornalista formado pela UFPE, trabalhou nos jornais Folha de Pernambuco e Diario de Pernambuco, onde atuou na Revista Aurora. É colunista do Mercado Popular e foi co-fundador da rede Estudantes Pela Liberdade no Brasil.

Comentários

desenvolvido por Shamá