Mano Ferreira - 27 de abril de 2015 às 10H 33M

Instituto Moreira Salles lança portal para preservação da fotografia

Francisco du Bocage. Ponte da Estrada de Ferro Caxangá. c. 1910. Recife, PE

Francisco du Bocage. Ponte da Estrada de Ferro Caxangá. c. 1910. Recife, PE

Lançado este mês, o portal Brasiliana Fotográfica reúne cerca de 2 mil fotografias históricas, agora digitalizadas, do Brasil da segunda metade do século XIX e do início do século XX. A iniciativa é do Instituto Moreira Salles em parceria com a Fundação Biblioteca Nacional.

Segundo os organizadores, novas galerias de imagens serão destacadas a cada semana e, periodicamente, curadores convidados farão comentários e reflexões sobre as fotografias escolhidas. Atualmente o acervo conta com obras de nomes como Francisco du Bocage, Guilherme Gaensly, Moritz Lamberg e Marc Ferrez.

Francisco du Bocage. Igreja do Corpo Santo - Bairro do Recife. c. 1913. Recife, PE

Francisco du Bocage. Igreja do Corpo Santo – Bairro do Recife. c. 1913. Recife, PE

Dentre as localidades registradas, destacamos as 94 fotografias do Recife. É possível conferir raras preciosidades, como a série de paisagens do Cais da Alfândega e dos bairros de Afogados e Apipucos, além de uma visita da família imperial ao Recife, tudo registrado pelas lentes de Augusto Stahl em 1858 e 1859.

Também vale conferir o Recife Antigo como um verdadeiro canteiro de obras em 1913 e a Estação Central com a Casa de Detenção em 1910 nos trabalhos de Francisco Bocage. Ou as pontes do centro da cidade sob o olhar de Moritz Lamberg na década de 1880.

Ponte Princesa Isabel em 1880, por Moritz Lamberg

Ponte Princesa Isabel em 1880, por Moritz Lamberg

Mano Ferreira

Editor deste site, integra o Café Colombo desde 2012. Jornalista formado pela UFPE, trabalhou nos jornais Folha de Pernambuco e Diario de Pernambuco, onde atuou na Revista Aurora. É colunista do Mercado Popular e foi co-fundador da rede Estudantes Pela Liberdade no Brasil.

Comentários

desenvolvido por Shamá