#cafecolombo

Um portal de culturas e ideias!

Caixões acumulam-se em um Rio de Janeiro pandêmico (1918). Divulgação.
Colunas
Luiz Ribeiro

A bailarina da morte ainda dança

Lançado há cerca de um ano, o livro de Lilia Schwarcz e Heloisa Starling sobre a gripe espanhola continua a se mostrar um poderoso espelho para a nossa própria crise

Saiba mais >