13ª edição da Festa do Cinema Italiano será realizada em formato on-line

Serão exibidas nove produções inéditas. Entre elas, o premiado documentário de Adele Tulli

Adele Tulli  tem interesse no cinema experimental, estudos de gênero e antropologia visual. Foto: Divulgação. 

Neste ano, em consequência da epidemia do coronavírus, a 13ª edição da 8 ½ Festa do Cinema Italiano será realizada em ambiente virtual. O evento ocorrerá entre os dias 28 de agosto e 10 de setembro, e exibirá 20 filmes que poderão ser assistidos no site oficial do festival e na plataforma Looke.

A programação conta com filmes inéditos, entre eles, o documentário “Normal” da diretora italiana Adele Tulli. A obra tem o intuito de desmistificar as construções sociais que cercam os conceitos de gênero e sexualidade. Em 2019, a produção participou do Festival de Berlim, onde ganhou destaque.

Ainda entre os exibições estão “O Aprendizado” de Davide Maldi, “Selfie” de Agostino Ferrente, “Os Mosqueteiros do Rei” de Giovanni Veronesi, “Como um Peixe Fora d’Água” de Riccardo Milani, “Bendita Loucura” de Carlo Verdone e “A Passagem”, de Michelle Manzolini e Federico Ferrone. 

A grade também conta com os longas “O Sonho de uma Família”, de Ginevra Elkann, que estará disponível no dia 29 de agosto, e “A Gata Cinderela”, de Alessandro Rak, que irá ao ar no dia 5 de setembro. Estes ficarão disponíveis apenas por 24h, a partir das 18h. Os demais filmes poderão ser assistidos durante todo período do evento.  

A realização do evento contou com o apoio da Embaixada da Itália, dos Consulados Gerais e Institutos Italianos de Cultura dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Além do Consulado de Belo Horizonte e da Generali Seguros, principal patrocinadora do festival. 

Criada em 2018, em Portugal, e organizada pela Associação Il Sorpasso, a Festa do Cinema Italiano é um dos festivais cinematográficos mais apreciados no país dedicado à cultura italiana.      

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp