Cais do Sertão realiza bate-papos online na Semana do Museu

Entre os dias 18 e 22, a programação conta com música e conversas com especialistas da área 

Modernidade e cultura são encontradas nas exposições do Cais do Sertão. Foto: Divulgação. 

Em comemoração ao Dia Internacional dos Museus, o Cais do Sertão, situado na cidade do Recife, vai promover um circuito de conversas voltadas à importância dos museus, além da sua representatividade para a cultura. A partir desta segunda-feira (18), sempre às 15h, artistas e especialistas, com projetos já realizados, debatem sobre a temática “Museus para Igualdade: Diversidade e Inclusão” por lives no Instagram do centro cultural. Possibilitada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a iniciativa faz parte da Semana do Museu, e vai até a próxima sexta-feira (22). 

Na segunda-feira, o bate-papo é composto pela idealizadora do festival “VerOuvindo”, – direcionado à produção audiovisual com acessibilidade – Liliana Tavares, com a mediação da educadora do museu Viviane Campos. A conversa propõe debater o tema “Acessibilidade nos museus”. Na terça-feira (19), mediado pela gerente do centro cultural, Maria Rosa Maia  e com a doutora e mestra em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A discussão gira em torno das perspectivas da gestão de equipamentos culturais para o pós-pandemia.

Governança em museus em tempos de pandemia e perspectivas para o pós pandemia é a discussão da quarta-feira (20) com a participação do historiador e mestre em Antropologia Eduardo Sarmento e com a produtora de conteúdo do Cais do Sertão, Clarice Andrade.

Na quinta-feira (21), o diálogo é voltado à conservação e a preservação de acervos museológicos com a doutora em museologia e patrimônio Viviane Valença, mediado pela museóloga do Cais, Roselia Adriana. O último dia de programação conta com música e com a participação do músico Josildo Sá e a mediação de músico-educador do local, Diogo do Monte. Na conversa, eles dialogam sobre a influência de Luiz Gonzaga para a música brasileira.