Festival Curta Taquary disponibiliza filmes de edições anteriores

O festival surgiu em 2005, com treze edições e mais de 1.600 filmes exibidos


Entremarés (2018) de Anna Andrade, está disponível no site. Foto: Reprodução/Entremarés

O Festival Curta Taquary disponibilizou filmes premiados em edições passadas para ajudar no entretenimento nos dias de isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus. Durante todo o mês de maio, curta-metragens de vários locais do país poderão ser acessados pelo site do festival de forma online e gratuita. 

A 13° edição do Festival também foi realizada online, aberta à votação popular, entre os dias 22 a 25 de abril. Nesta edição, foram selecionados 82 curtas para as mostras Brasil, Universitária, da Diversidade, Criancine, Primeiros Passos, Curtas Fantásticos e Dália da Serra. As obras premiadas no Curta Taquary 2020 ainda não estão disponíveis. Para saber quais foram os ganhadores, acesse o site do festival.

Alguns dos filmes oferecidos:

Entremarés (Anna Andrade, 2018)

“Conta a história de mulheres que dividem suas vivências sobre a pesca, na Ilha de Deus”.

A parteira (Catarina Doolan, 2019)

“A produção narra a história de Donana, parteira com mais de meio século de ofício que representa a resistência da tradição e humanização ao parto na Região de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte”.

Enquanto o sol de põe (Márcia Lohss, 2017)

“O filme traz o drama de Guilhermina, uma mulher que percebe ter sido esquecida, dentro de uma longa relação. Sua história começa a ser repensada ao chegar em uma benzedeira na busca de sanar seu problema com o marido, Arnaldo. Nessas idas e vindas, ela encontra outro caminho”.

Geisiely com Y (Mery Lemos, 2017)

“Baseado no conto homônimo da escritora Ezter Liu, o filme ‘Geisiely com Y’ conta a trajetória de uma mulher agredida física e psicologicamente através da ótica da policial que faz seu atendimento”.

Marina não vai à praia (Cássio Pereira dos Santos, 2014)

”Um grupo de adolescentes do interior de Minas Gerais prepara uma excursão para o litoral. Marina, uma garota com Síndrome de Down, deseja conhecer o mar. Impedida de viajar com sua irmã, ela busca outros caminhos para realizar seu sonho”.

O vestido de Myriam (Lucas H. Rossi, 2017)

”Casal de idosos segue a vida simples em sua casa pacata, em silêncio”.

Uma família ilustre (Beth Formaggini, 2015)

”Conversa entre Cláudio Guerra, ex-delegado da Polícia Civil que assassinou e incinerou militantes contrários à ditadura e o professor Eduardo Passos psicólogo que trabalha com direitos humanos”.