Museu do Louvre retoma as atividades com regras de distanciamento social

Em julho, a instituição volta a abrir as portas e não permitirá aglomerações para ver a “Mona Lisa”

Localizado às margens do Rio Sena, o Museu do Louvre é considerado o maior museu de arte do mundo. Foto: Divulgação.

Em Paris, fechado por quase quatro meses devido a pandemia da Covid-19, o Museu do Louvre prepara-se para retomada das atividades no dia 6 de julho. A instituição espera não voltar a receber turistas estrangeiros por meses, o que tornará as visitas mais tranquilas que o normal. A reabertura do local será dada seguindo as rigorosas medidas de distanciamento social. 

Os administradores prevêem que o local receberá somente um quinto do número dos visitantes registrados antes do surto. Durante o verão, o museu costumava receber cerca de 1 milhão de visitantes, sendo três quartos deles turistas estrangeiros.

No museu, em dias normais, é comum as constantes aglomerações em frente a pintura “Mona Lisa” (1503) de Leonardo da Vinci. Como não será permitida a entrada de muitos visitantes de uma única vez, as visitas deverão ser marcadas por agendamento e funcionará com um trajeto de mão única. No local haverá recipientes de gel antisséptico,  sinalizações reforçando as regras do distanciamento, além do uso obrigatório de máscaras.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp