‘Partida’, de Caco Ciocler, estreia dia 18 nas plataformas de streaming

O documentário que retrata o atual cenário político do Brasil será lançado nos serviços de streaming devido à pandemia 

O premiado documentário “Partida” de Caco Ciocler. Foto: Divulgação.

O segundo documentário do diretor Caco Ciocler “Partida”,, em função da  pandemia do novo coronavírus, o longa que estava previsto para estrear no primeiro semestre de 2020, será lançado no dia 18 de junho em plataformas de streaming. A decisão foi tomada pelo diretor, produtores e coprodutores, em parceria com a distribuidora Pandora Filmes e com o Canal Brasil.

O documentário será disponibilizado nas plataformas Vivo Play, Petra Belas Artes à la Carte, Now, Oi Play, Filme Filme e Looke. Também está previsto que o longa entre em  cartaz no GooglePlay e no Itunes. 

“Partida” estreou na 43ª Mostra Internacional de Cinema, em São Paulo, e foi selecionado para o 21º Festival do Rio e para o 23º Festival de Málaga. Além de conquistar quatro prêmios (melhor Filme, melhor som, melhor atriz e melhor montagem) no 14º Fest Aruanda, em João Pessoa. 

Confira a sinopse do documentário “Partida” de Caco Ciocler

O ano é 2018, poucos meses após a vitória do presidente Jair Bolsonaro nas urnas. Ainda mergulhados no clima de acirramento político das eleições, uma equipe brasileira de cinema embarca em uma viagem de ônibus rumo ao Uruguai, com a meta de passar a virada do ano na companhia do ex-presidente Pepe (Mujica).

Sobre Caco Ciocler

Caco Ciocler estreou como diretor com “Trópico de Câncer (2008)”, que recebeu a premiação de Melhor Filme no Festival Minuto. Em 2014 lançou “Esse Viver Ninguém me Tira”, seu primeiro longa-metragem, que participou das mostras competitivas do Festival de Gramado e do Rio. além de ser eleito como Melhor Documentário no Festival de Cinema Brasileiro em Los Angeles. Durante a pandemia da Covid-19, Caco montou o projeto Lista Fortes Brasil, dedicado a empresas privadas que queiram doar 1% de seu lucro líquido para investimentos em ações de combate à pandemia.  

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp