Projeto Recantar Caruaru resgata memória histórica da cidade

Por Laís Guedes e Sarah Coutinho

Presente em diversas plataformas, o projeto busca relembrar as memórias da cidade por meio de canções


Um dos pilares do surgimento da cidade, a Feira de Caruaru virou música composta por Onildo Almeida e cantada por Luiz Gonzaga em 1957. Foto: Divulgação/Jornal Vanguarda

Em comemoração ao aniversário de 163 anos de Caruaru, a equipe do Café Colombo selecionou o projeto “Recantar Caruaru” como forma de falarmos sobre cultura em uma cidade que contempla grandes produções que marcaram sua história. A iniciativa propõe resgatar as memórias dos moradores através das músicas que trazem a cidade como tema e que marcaram suas vidas.


Surgimento

Criado em 2018, o Recantar Caruaru é coordenado pelos professores Amilcar Bezerra, Diego Gouveia e Rodrigo Barbosa e conta com a participação de estudantes do Núcleo de Design e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) — Campus Agreste. O projeto surgiu a partir do edital da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) “TV digital, novas mídias e inovação na comunicação pública”, lançado no mesmo ano. “A ideia inicial era fazer uma série de programas sobre músicas que falassem de Caruaru e como essas músicas repercutem na vida das pessoas”, resume o professor Amilcar Bezerra. 

O projeto ganha o nome de “Recantar” devido ao objetivo de representar as lembranças da população mas de um jeito, até então, não idealizado antes. “Foi muito especial poder contar a história da minha cidade a partir de um projeto realizado na universidade. Foi uma forma de homenagearmos Caruaru”, afirma o professor Diego Gouveia.

Amilcar destaca que Caruaru é um dos municípios mais citados em canções em todo o mundo: Segundo Emanuel Leite de Souza, o Dr. Leite, são mais de 1500 gravações. O professor também conta como a Capital do Agreste se tornou dona de uma musicalidade entranhada em sua história: “A partir dos anos 50, ela adquire uma importância regional que acaba atraindo muitos artistas que vinham tentar a vida nas rádios”, diz, citando Jacinto Silva, Janduhy Finizola e Onildo Almeida como exemplos. O colunista Luiz Ribeiro preparou um especial contando mais histórias de artistas com a cidade.

Produção

Alunos da UFPE em ação do Recantar Caruaru no centro da cidade. Foto: Recantar Caruaru.

Em parceria com a produtora Vertigo, foram produzidos vídeos entrevistando artistas e moradores, que contaram suas lembranças a partir das músicas sobre Caruaru, que foram transmitidos na TV Pernambuco em 2019. Entre os entrevistados, estão, além dos já citados Onildo Almeida e Dr. Leite, os jornalistas Lafaete Vaz e Almir Vilanova, o historiador Walmiré Dimeron e cantores como Azulão, Walmir Silva e Gabi da Pele Preta. 

A população também foi convidada a participar durante as ações realizadas no centro da cidade, onde puderam fazer suas indicações e participar do programa. Os episódios podem ser encontrados no canal do Youtube do projeto e estão sendo divulgados na página do Facebook. Além das redes sociais, o Recantar Caruaru também conta com um site que traz a história de lugares importantes da cidade.

Amilcar também reforça a experiência de participar da iniciativa: “Aprendi muita coisa. Descobrimos muitas canções bonitas e artistas que falam sobre a cidade. Além daqueles que não moram no país e a homenagearam. Uma experiência enriquecedora para todos os envolvidos.” 

O projeto, que terá continuidade nos próximos anos, está em busca de recursos atualmente e pensa em aprofundar novos autores. As possibilidades para as futuras edições ainda estão sendo estudadas pela equipe.