Trilogia da Febre, livro de Cristhiano Aguiar, é lançado pela Editora Vacatussa

A coletânea é o novo título da Coleção Solidária, série da editora que arrecada fundos para ações sociais
trilogia da febre cristhiano aguiar

Trilogia da Febre é o novo título do escritor paraibano Cristhiano Aguiar, que já lançou “Na outra margem, o Leviatã” (Lote 42, 2018). Foto: Divulgação/Editora Vacatussa

“Trilogia da Febre”, coletânea de contos de Cristhiano Aguiar, é o novo título da Coleção Solidária, série da editora Vacatussa. O livro, que já se encontra à venda em formato e-book na Amazon, será lançado em uma live no Instagram da editora, no próximo sábado (1), às 16h. Toda a renda obtida com a venda do livro será doada para ações de assistência a pessoas em situação de rua.

O primeiro conto, “Anda-luz”, situa, no interior da Paraíba, um menino encarregado de levar um recado a um cangaceiro em meio à epidemia que assola o Nordeste da década de 1930. “As Onças” traz um cenário de terror misturado a realismo mágico, no qual uma médica e sua filha tentam sobreviver a um ataque de misteriosos felinos. Fechando a obra, “Firestarter” é o  monólogo de um personagem delirante e obcecado por fotografar e classificar incêndios.

Os contos, escritos entre 2018 e 2020, dialogam com o momento de incertezas vivido atualmente. Para o autor, a febre, conceito central da coletânea, vai além da doença: também se trata de delírio. “Nós vivemos esse estado de crise permanente no Brasil, como se fosse uma febre crônica. Ao longo dos três contos, mas em especial no último, chamado de Firestarter, eu ponho as narrativas em diálogo com esse segundo tipo de crise” diz, em entrevista.

trilogia da febre cristhiano aguiar

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp