Wandavision: A estreia da Marvel no Disney+

A primeira série da Marvel Studios veio para surpreender os fãs e conquistar cada vez mais telespectadores

 

Capa da série Wandavision. Foto: reprodução/ Disney. 

Você já deve ter percebido que as madrugadas de sexta-feira estão sendo tomadas por fãs de super-heróis, com as novas produções no universo cinematográfico da Marvel Studios, conhecido popularmente pela sigla UCM. A produtora que entrou na tão esperada fase 4, comemorou sua estreia na nova plataforma de streaming da Disney, o Disney+. A fase 1, marcou a vida de muitos telespectadores, foi iniciada em 2008 e finalizada em 2019. Marcada por heróis conhecidos e amados, os Vingadores, cuja a composição conta com filmes como: Homem de Ferro (2008), Thor (2011) e Capitão América: Primeiro Vingador (2011). A fase de estreia da Marvel nos cinemas foi finalizada com a superprodução Vingadores: Ultimato (2019), que atualmente é o campeão de bilheteria mundial.

A pandemia de COVID-19 e suas complicações acabaram mudando o calendário do UCM. inicialmente o foco seria a história da Viúva Negra (Scarlet Johansson), única vingadora sem um filme solo. Para iniciar a quarta fase, e mudando os planos da produtora, foi estreada com muito sucesso a minissérie Wandavision, estrelada por Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff e Paul Betany no papel de Visão.

Com sua primeira aparição 2014 na cena pós credito de “Capitão América 2: O soldado invernal” (para mim, um dos melhores filmes da Marvel Studios). Wanda Maximoff, também conhecida como “Feiticeira Escarlate”, tornou-se uma das mais poderosas personagens do UCM. Após perder seus pais, uma órfã criada junto com seu irmão gêmeo Pietro por um casal de ciganos, os Maximoff, é cobaia de um experimento e ganha seus poderes. Diferentemente da grande maioria, a feiticeira adquiriu suas habilidades, não nasceu com elas. Ao se juntar aos vingadores, a mutante conhece o androide Visão. O personagem que fora criado pelo vilão Ultron, com a função de derrotar o grupo de heróis, se rebela contra seu criador, mostrando ser totalmente diferente de sua personalidade original. Tanto Ultron como Visão foram inseridos na franquia em ‘Vingadores: Era de Ultron” (2015).

Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate, em “Vingadores 2: Era de Ultron” (Imagem: Marvel Studios/Disney/divulgação

O projeto estava planejado para ser lançado em meados de 2021, porem teve seu lançamento adiantado e marcou com grandiosidade o início de uma nova era de filmes e seriados da produtora. Com episódios lançados toda sexta-feira, as 5 da manhã no Disney+, a serie inicialmente se mostra inspirada em sitcons. Com seu primeiro episódio gravado em frente a uma plateia de verdade, o piloto foca na década de 50. O casal vive em um adorável subúrbio, com figurinos espetaculares e cenas em preto e branco. Os episódios seguintes vão transitando entre as décadas de 60, 70, 80 e 90. Se engana quem pensa que a série é uma simples obra com um leve humor, conforme o tempo passa, é revelado cada vez mais sobre o que aconteceu após Ultimato, e como a feiticeira está criando uma realidade perfeita, mostrando que nem tudo é o que parece.

Cheia de surpresas a cada fim de episódio, e deixando seus fãs cada vez mais ansiosos para a quarta fase do UCM, a minissérie está se tornando um dos trabalhos mais inovadores da nova era. Mas todo esse sucesso não é à toa, dirigido por Matt Shakman (Game of Thrones) e sendo a porta de entrada de novos personagens importantes, a série liga seu roteiro ao filme Doutor estranho 2: no multiverso da loucura. Previsto para 2022, o novo longa do Dr. estranho, inicialmente seria um filme de terror, no entanto, por estar ligada a Disney, e sempre obtendo sucesso garantido em seus longas, a Marvel decidiu não partir para uma nova formula em seus filmes, já que seus telespectadores não estão acostumados com cenas muito assustadoras.

Wandavison traz surpresas que prometem fazer os fãs do casal surtarem em suas casas. A série ao longo de sua evolução apresenta personagens que nunca haviam aparecido no universo, e outros que se foram. Acompanhamos então a nova realidade da Wanda, onde não se sabe os limites de seus poderes, ou se realmente ela está fazendo tudo isso sozinha. O que será que vem por aí?

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp